• White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Instagram Icon

© 2017 by #FalaPiloto.

Proudly created with Wix.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Projeto Ideia Fixa chegou com festa no 25º Rally dos Sertões em Bonito-MS

Ação para 200 crianças foi o ponto alto

Foto: Divulgação

 

Com a certeza de missão cumprida na rota solidária projeto faz a festa na Escola Vitalina Vargas Machado em Bonito – MS, local onde se encerra a competição. Foram reunidas 200 crianças, sendo 140 da Escola Vitalina Vargas Machado e 60 do Projeto Família Legal, além da presença dos Secretários de Esporte e Educação, bem com da primeira dama e secretária de Assistência Social, Ilza Gomes Soares. Professoras, pais de alunos e muitos outros completaram a grande plateia. A festa ficou por conta das diversas apresentações como a  Banda Sinfônica Municipal de Bonito, hip hop, entre outras.

 

A diretora do Projeto Ideia Fixa Tânia Mara, explicou sua trajetória social dentro do Rally dos Sertões ao longo de 15 anos.  Na pele da personagem “Patrocínia”, contou histórias e fez brincadeiras com as crianças. A escola foi toda decorada com desenhos alusivos ao rali, painéis expondo a cultura regional, como o pássaro tuiuiú, cocares, peixes e mandalas  lindíssimas.

Foram distribuídos kits Sorria para o Rally, Ideia Bela e Ideia Fixa pela Educação e Cultura. O ponto alto foi a surpresa das crianças ao descobrirem nos kits um bichinho de pelúcia. “Foi recompensador ver a alegria e a surpresa  estampada nos rostos deles, ao abrir os presentes e encontrar muitas surpresas”, citou Ana Paula voluntaria do Ideia Fixa que completou sua  5ª participação nos Sertões.

 

Para os competidores do Rally a aventura chegou ao fim, porém para o projeto, ainda estão reservadas algumas ações socioeducativas no caminho de volta para casa.

 

Retrospectiva

Desde que deixaram Poços de Caldas na tarde do dia 16/08, a jornalista Tânia Mara e a analista de sistemas Ana Paula Carvalho tiveram muito trabalho e em nenhum momento a viagem se assemelhava com lazer. Muito pelo contrario, elas trabalharam com afinco, dedicação e muita garra. Descarregavam o Jeep Renegade, iam até os caminhões de equipes do rali que transportavam grande parte das doações, amarravam, organizavam verdadeiramente como uma equipe de apoio. Tiravam tudo do carro, faziam a contagem, separação por cidades e respectivas ações , muitas vezes tarde da noite.

 

Logo cedinho já estavam na estrada com a missão de distribuir alegria, atenção e mensagens do bem! Surpreenderam crianças em escolas, ônibus escolares, quintais e realizaram ações socioeducativas programadas como se fossem uma grande equipe.

 

“Espalhamos solidariedade pelos caminhos traçados e por outros caminhos distantes dos mapas. E garanto: nem é preciso muito para fazer feliz! Isto mesmo! Fazer feliz, esta foi nossa missão. E conseguimos à contento. Apenas um fato recorrente nos chamou a atenção: muitos pais não aceitavam as doações e se as aceitavam, não permitiam que as crianças fossem fotografadas com os presentes. Sentimos que isto é um reflexo da insegurança que o mundo vive e não apenas em nosso país. Uma onda de medo assola à todos e isto chega através da televisão nos lares, por esse mundão afora! Porém as famílias que nos permitiram registrar estes momentos de alegria, nos proporcionaram imagens inesquecíveis!!!! A entrega de um bichinho de pelúcia para uma criança pode parecer uma ação "bobinha", mas não é? Acredite se quiser encontramos crianças, quase adolescentes que nunca tinham tido um bichinho desses. Tia, obrigada eu sempre quis ter um bicho de pelúcia, mas minha Vó, nunca pode comprar", disse a gestora do Projeto Ideia Fixa.

 

"Hoje, estou muito feliz com este presente! Obrigada. Nossa pequena grande equipe, eu, Paulinha e o Renegade, fizemos trabalho de gente grande. Não éramos muitos, porém fomos fortes. Encaramos horas de estradas, cansaço físico e mental, não esmorecemos. Mostramos para nós mesmas que éramos capaz de cumprir mais este desafio e o fomos. Gratidão aos que acreditaram em nossas ideias e nos apoiaram incondicionalmente!”, finalizou Tânia Mara.

 

Como tudo começou

Por conta de sua presença no Rally dos Sertões desde 1998, a jornalista Tânia Mara Matias de Carvalho se sensibilizou com a situação de  carência extrema de algumas comunidades sertanejas do país. A pobreza vivida por essas pessoas a inspirou a escrever seu 1º. livro, intitulado "Cêis é rali, é?", onde ela relata histórias e curiosidades sobre o Rally e sobre um Brasil até então, pouco conhecido. Mesmo com o reconhecimento de seu livro, ela não se deu por satisfeita. Precisava e queria fazer mais pelos personagens que a inspiraram.

 

Tendo percorrido mais de 480 mil quilômetros de estradas por este Brasil afora, o projeto deixou bem mais que poeira no ar, até o momento mais de 140 mil pessoas em 16 Estados já foram beneficiadas com doações que somam 209 toneladas entre móveis, roupas, calçados, alimento, brinquedos, água, kits de higiene bucal e pessoal e incluem ainda a distribuição de 160.000 livros novos e usados, para alunos de diversas escolas de cidades que fizeram parte dos roteiros por onde o Projeto já passou nestes 15 anos de existência.

 

Parceiros

Can-Am BRP - Perfumaria Emy - RNN Sports - Piffer e CIA -  SiG Comunicação - W3B Soluções Inteligentes - Cherry Contábil - CRYF Empreendimentos - MALKA Exclusive - Revista PRÓMOTO - ALKO - Produtos de qualidade  - ASA Alumínio - Visual Tecnologia de Sistemas - ASI - Associação Sul Mineira de Imprensa   - Studio JG - Rotary Clube de Poços de Caldas - Salão e Estética Belíssima - Lavanderia da Marli - Arena Promoções e Eventos - Pague Menos e Grupo Fattore Jeep

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

@FALAPILOTO
TAGS
Please reload

ARQUIVO
Please reload