• White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Instagram Icon

© 2017 by #FalaPiloto.

Proudly created with Wix.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

No Rally dos Sertões, competidores de Goiás vão em busca mais um título

Com quintal de casa na rota, os bicampeões Rafael Cassol / Lélio Vieira Carneiro Júnior querem tirar proveito do terreno na edição histórica de 25 anos

Foto: Fotop/Divulgação

 

Pela 15ª vez em 25 edições, o Rally dos Sertões terá largada em Goiânia. Este ano, os pilotos da casa, buscarão manter o resultado dos anos anteriores, sobretudo por estarem acostumados às adversidades do roteiro que inclui quatro cidades de Goiás. As equipes estão se deslocando até Goiânia, onde será dada a largada da maior prova off road do Brasil, que promete muitos desafios e ineditismo no percurso. Para Rafael Cassol / Lélio Vieira Carneiro Junior a expectativa e a ansiedade para o início da prova é grande.

 

Para a dupla bicampeão do Rally dos Sertões em 2015 (Production T2/Troller) e 2016 (Pró Brasil/Sherpa), o objetivo é terminar e buscar um lugar no pódio. “Acho que o fato de irmos em direção ao Mato Grosso e Mato Grosso do Sul traz alguns diferenciais interessantes como o tipo de terreno. Espero uma prova bem veloz e com bastante navegação. Vai ser uma experiência incrível estar com a MEM Motorsports, uma equipe que é referência em excelência e profissionalismo na prova, e fazermos parte deste projeto é um privilégio e espero contar com todos eles para buscarmos juntos o melhor resultado possível", disse o navegador Lélio Vieira Carneiro Junior, de Goiânia (GO) com 12 participações na prova.

 

O barulho dos motores, os últimos ajustes dos carros, os corações batem mais fortes. Tudo pronto. E a adrenalina toma conta das equipes que vão encarar a edição histórica de 25 anos do Rally dos Sertões. São 3.334 quilômetros de desafios, entre Goiânia (GO) e Bonito (MS). Pela primeira vez, o Estado de Mato Grosso do Sul vai estar no percurso de um dos maiores ralis do mundo. A cidade Bonito é um dos destinos de ecoturismo mais procurados do Brasil, e dessa vez recebe o encerramento do evento.

 

"Este ano será a primeira vez que corremos na Protótipo, então a grande questão será entender as diferenças, se existem e qual era o tamanho delas. A ideia é de andar no ritmo dos nossos adversários e, agora, com configuração de último nível e todas as melhorias implementadas, a intenção é entrar na briga para vencer a prova. Sem dúvida este é o objetivo de todos, mas não basta querer; há que se construir o caminho para que isso aconteça. Estamos pensando em tudo: preparo físico, preparação do carro, da equipe, em todos os detalhes. A concentração é grande", explica o piloto de Rio Verde (GO), que esteve em quatro edições do Sertões.

 

A prova começa dia 16, com a abertura da área de box no Autódromo de Goiânia e termina dia 26. São dez dias de pura emoção. O prólogo (tomada de tempo) será no dia 19. Quem é apaixonado por automobilismo reconhece a grandiosidade dessa prova, que exige mais que habilidade dos pilotos e navegadores. São indispensáveis entrega, dedicação e superação.

 

Quando os carros partirem, levantando uma cortina de poeira, o percurso vai separar os amadores dos profissionais porque o percurso deste ano promete ser “casca grossa”, ou seja, técnico, difícil e com uma navegação incrível.

 

Mas como o evento é grandioso, ele envolve mais que apaixonados por automobilismo, mais que o esporte, o Rally dos Sertões movimenta a economia das cidades por onde passa, pois são cerca de 250 pilotos, mais as suas equipes, o que significa uma média de duas mil pessoas, que impulsionam os comércios locais. Além disso, o evento se preocupa com as esferas social e ambiental. Um exemplo da atenção com o meio ambiente, é que além de ter uma equipe que recolhe todo o lixo gerado durante o rali, há também uma preservação do bioma. A prova é pensada de forma a não alterar a natureza.

 

A contrapartida social do evento é hoje a maior iniciativa social privada ligada ao esporte no Brasil, e envolve atendimentos médicos, distribuição de material educativo e realização de palestras instrutivas.

 

Rafael Cassol e Lélio Vieira Carneiro Júnior são patrocinados por Riocal, Fralle, Happy Serviços Financeiros e CBDI.

 

Mais informações da equipe:
Facebook e Instagram: facebook.com/ACL Rally

 

Confira a programação do Rally dos Sertões – 25 anos


16/08/2017
Abertura Área de Box no Autódromo Internacional de Goiânia.

 

17/08/2017
Vistorias Administrativas e Técnicas no Autódromo Internacional de Goiânia.

 

18/08/2017
Vistorias Administrativas e Técnicas no Autódromo Internacional de Goiânia.

19/08/2017
Prólogo e Largada Promocional.

 

20/08/2017 - 1ª Etapa
Goiânia (GO) – Goianésia (GO)
Deslocamento Inicial – 240 km
Especial (trecho cronometrado) – 310 km
Deslocamento final – 152 km
Total do dia – 702 km

 

21/08/2017 - 2ª Etapa
Goianésia (GO) – Santa Terezinha de Goiás (GO)
Deslocamento Inicial – 116 km
Especial (trecho cronometrado) – 245 km
Deslocamento final – 0 km
Total do dia – 361 km

 

22/08/2017 - 3ª Etapa
Santa Terezinha de Goiás (GO) – Aruanã (GO)
Deslocamento Inicial – 0 km
Especial (trecho cronometrado) – 297 km
Deslocamento final – 8 km
Total do dia – 305 km

 

23/08/2017 - 4ª Etapa
Aruanã (GO) – Barra do Garças (MT)
Deslocamento Inicial – 104 km
Especial (trecho cronometrado) – 263 km
Deslocamento final – 96 km
Total do dia – 463 km

 

24/08/2017 - 5ª Etapa
Barra do Garças (MT) – Coxim (MS)
Deslocamento Inicial – 13 km
Especial (trecho cronometrado) – 430 km
Deslocamento final – 210 km
Total do dia – 653 km

 

25/08/2017 - 6ª Etapa
Coxim (MS) – Aquidauana (MS)
Deslocamento Inicial – 61 km
Especial (trecho cronometrado) – 194 km
Deslocamento final – 173 km
Total do dia – 428 km

 

26/08/2017 - 7ª e última etapa
Aquidauana (MS) – Bonito (MS)
Deslocamento Inicial – 120 km
Especial (trecho cronometrado) – 310 km
Deslocamento final – 2 km
Total do dia – 432 km
Percurso total do Rally dos Sertões – 3.344 km
Especiais (trechos cronometrados) – 2.049 km (61%)

 

Cerimônia de Premiação.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

@FALAPILOTO
TAGS
Please reload

ARQUIVO
Please reload