• White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Pinterest Icon
  • White Instagram Icon

© 2017 by #FalaPiloto.

Proudly created with Wix.com

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

MotoGP: Resultados da 5ª etapa

22 May 2017

 

Maverick VIÑALES (#25), da Movistar Yamaha MotoGP - Foto: Gilmar Rose

 

Após queda de Rossi nas curvas finais, Viñales garante vitória na França e assume liderança da MotoGP

 

Era para ser o final de semana perfeito para a equipe Movistar Yamaha MotoGP em solo francês. O time abriu bem os treinos para a 5ª etapa do Mundial de Motovelocidade e classificou seus dois pilotos nas primeiras posições para a prova realizada no Circuito de Le Mans deste domingo (21). A dobradinha da Yamaha prometia grandes resultados e, principalmente, a volta do domínio da equipe na competição. Para Maverick VIÑALES (#25), a rodada da França foi a melhor possível. O espanhol alcançou sua terceira vitória na temporada e reassumiu a liderança do campeonato. Já para o heptacampeão Valentino ROSSI (#46), teve um sabor bastante amargo. Após realizar uma corrida incrível, o italiano cometeu uma sequência de erros na volta final, quando, primeiro, perdeu a liderança para o seu companheiro de equipe e em seguida acabou sofrendo uma queda e abandonando a prova.

“Sinceramente, nós não entendemos o que aconteceu na minha queda. De qualquer forma, cometi um erro. É uma grande vergonha voltar para casa sem pontuar. Mas para mim, ainda assim foi um bom final de semana. Eu vinha forte. Agora temos que começar a pensar na próxima corrida”, lamentou Rossi.

Além de não pontuar no GP da França, Valentino Rossi perdeu a liderança do campeonato e com isso caiu para a terceira posição. E apesar de a Movistar Yamaha MotoGP ter deixado escapar a dobradinha no pódio, o time coroou a grande atuação de Maverick Viñales com mais uma vitória.

“Na última volta, eu dei tudo o que pude e, honestamente, fiquei muito feliz e satisfeito. O meu time trabalhou de forma incrível neste final de semana, e eu espero que nós continuemos assim”, comemorou Viñales.

A trajetória do piloto espanhol na etapa da França começou com bons resultados. Viñales fez a volta mais rápida nos classificatórios e largou na pole position. Porém, ainda na volta inicial, viu Johann ZARCO (#5), da equipe Monster Yamaha Tech 3, assumir a dianteira. Mas não demorou muito para que o agora líder do campeonato retomasse a ponta. Na sexta volta, Viñales ultrapassou o francês e voltou a ocupar a primeira colocação.

A corrida vinha se mostrando, até então, muito positiva para a principal equipe da Yamaha. Além de ocupar a dianteira, os adversários da Honda acabaram levando um tropeço. O atual campeão Marc MARQUEZ (#93), da Repsol Honda Team, que vinha na quarta posição, abandonou a prova na 18ª volta ao sofrer uma queda.

Já Valentino Rossi buscava de toda forma alcançar sua primeira vitória neste ano para se consolidar de vez na liderança do campeonato. Após largar da terceira marca, o italiano conseguiu ultrapassar Zarco e, restando apenas três voltas para a bandeirada, assumiu a liderança. E quando parecia que a dupla da Movistar Yamaha MotoGP iria repetir o feito alcançado na etapa da Argentina, um deslize desmanchou esse cenário. Já na volta final, Rossi acabou cometendo um erro que permitiu a Viñales reassumir a liderança. Insatisfeito, o italiano perseguiu o companheiro de equipe e, restando poucas curvas para o fim da prova, acabou perdendo a traseira da moto e indo parar no chão. Fim de prova para Valentino Rossi.

Com o abandono do italiano, Johann Zarco assumiu a vice-liderança e garantiu a segunda posição no pódio. Dani PEDROSA (#26), da Repsol Honda Team, que largou da 13ª marca, fez uma excelente corrida e faturou o terceiro lugar no GP da França. Andrea DOVIZIOSO (#4), da Ducati Team, fechou a quarta posição seguido pelo britânico Cal CRUTCHLOW (#35), da LCR Honda, em quinto.

Agora o Mundial de Motovelocidade se prepara para à sua 6ª rodada, prova que será realizada no Circuito de Mugello, em solo italiano. Os treinos para o GP da Itália ocorrem nos dias 2 e 3 de junho e a largada, no dia 4, domingo.

 

Confira abaixo a classificação final com os 10 primeiros colocados da categoria MotoGP no GP da França, prova realizada no domingo (21) no Circuito de Le Mans:

1º - Maverick VIÑALES (#25), da Movistar Yamaha MotoGP

2º - Johann ZARCO (#5), da Monster Yamaha Tech 3

3º - Dani PEDROSA (#26), da Repsol Honda Team

4º - Andrea DOVIZIOSO (#4), da Ducati Team

5º - Cal CRUTCHLOW (#35), da LCR Honda

6º - Jorge LORENZO (#99), da Ducati Team

7º - Jonas FOLGER (#94), da Monster Yamaha Tech 3

8º - Jack MILLER (#43), da EG 0,0 Marc VDS

9º - Loris BAZ (#76), da Reale Avintia Racing

10º - Andrea IANNONE (#29), da Team SUZUKI ECSTAR

 

Veja abaixo a classificação geral após cinco etapas:

1º - Maverick VIÑALES (#25), da Movistar Yamaha MotoGP – 85 pontos

2º - Dani PEDROSA (#26), da Repsol Honda Team –68

3º - Valentino ROSSI (#46), da Movistar Yamaha MotoGP – 62

4º - Marc MARQUEZ (#93), da Repsol Honda Team – 58

5º - Johann ZARCO (#5), da Monster Yamaha Tech 3 – 55

6º - Andrea DOVIZIOSO (#4), da Ducati Team – 54

7º - Cal CRUTCHLOW (#35), da LCR Honda – 40

8º - Jorge LORENZO (#99), da Ducati Team - 38

9º - Jonas FOLGER (#94), da Monster Yamaha Tech 3 – 38

10º - Jack MILLER (#43), da EG 0,0 Marc VDS – 29

 

Pela categoria Moto2, o italiano Franco MORBIDELLI (#21), da equipe EG 0,0 Marc VDS, foi o mais rápido e alcançou sua quarta vitória na temporada. Já pela disputa na Moto3, o lugar mais alto do pódio ficou com um piloto espanhol. Joan MIR (#36), da Leopard Racing, completou as 16 voltas programadas em 27m37s830 e assegurou sua terceira vitória no ano.

 

Resultado na categoria Moto2 no GP da França:

1º - Franco MORBIDELLI (#21), da EG 0,0 Marc VDS

2º - Francesco BAGNAIA (#42), da SKY Racing Team VR46

3º - Thomas LUTHI (#12), da CarXpert Interwetten

4º - Alex MARQUEZ (#73), da EG 0,0 Marc VDS

5º - Mattia PASINI (#54), da Italtrans Racing Team

 

Resultado da categoria Moto3 no GP da França:

1º - Joan MIR (#36), da Leopard Racing

2º - Aron CANET (#44), da Estrella Galicia 0,0 – 43

3º - Fabio DI GIANNANTONIO (#21), da Del Conca Gresini Moto3

4º - Marcos RAMIREZ (#42), da Platinum Bay Real Estate

5º - Juanfran GUEVARA (#58), da RBA BOE Racing Team

 

Classificação geral da Moto2 na temporada 2017:

1º - Franco MORBIDELLI (#21), da EG 0,0 Marc VDS – 100 pontos

2º - Thomas LUTHI (#12), da CarXpert Interwetten – 80

3º - Alex MARQUEZ (#73), da EG 0,0 Marc VDS – 62

4º - Miguel OLIVEIRA (#44), da Red Bull KTM Ajo – 59

5º - Francesco BAGNAIA (#42), da SKY Racing Team VR46 – 53

 

Classificação geral da Moto3 na temporada 2017:

1º - Joan MIR (#36), da Leopard Racing – 99 pontos

4º - Romano FENATI (#5), da Marinelli Rivacold Snipers – 65

5º - Aron CANET (#44), da Estrella Galicia 0,0 – 63

2º - Jorge MARTIN (#88), da Del Conca Gresini Moto3 – 59

3º - John MCPHEE (#17), da British Talent Team – 53

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

@FALAPILOTO
TAGS
Please reload

ARQUIVO
Please reload